segunda-feira, 15 de junho de 2009

Teodomiro _ Breve histórico


Teodomiro Toledo Piza, filho de Francisco de Toledo Piza e Almeida e Genoveva Dias de Toledo Piza e Almeida, nasceu em São Carlos (SP), no dia 23 de março de 1878, na Fazenda Água Vermelha, pertencente a seu pai.
Fez seus estudos secundários na Escola Americana, que depois se transformou no Mackenzie College, matriculando-se na Faculdade de Direito em 1898.
Iniciou sua vida profissional em Jaboticabal (SP), onde advogou. Mas, por decreto de 10 de dezembro de 1903, era nomeado promotor público de Atibaia, em cuja comarca permaneceu até fins de 1912. Nesta mesma época, contraiu matrimônio naquela cidade com Maria Martins Urioste. Desse casamento, nasceram oito filhos.
No dia 21 de janeiro de 1913, Teodomiro ingressou na magistratura, na qualidade de juiz de direito da Comarca de Campos Novos do Paranapanema. Permaneceu até sua remoção para Ribeirão Bonito, onde permaneceu por 15 anos.
Foi promovido para São Carlos no dia 16 de novembro de 1927. No dia 1o de dezembro de 1930, foi promovido para São Paulo. Em 1933, foi elevado ao cargo de ministro do Tribunal de Justiça, com 55 anos, onde judicaria por 11 anos, sendo distinguido com a vice-presidência desta casa.
Em 1938, ocupou também um cargo de importância dentro da Câmara Municipal, quando foi estabelecida a chamada Comissão de Promoções. Coube ainda a Teodomiro Piza, mediante escolha do tribunal, de acordo com a Constituição Paulista de 1935, integrar a Junta Especial de Investigação, composta por um desembargador e dois membros da Assembléia. Foi significativa essa eleição, enquanto Teodomiro Piza esteve no tribunal havia apenas três anos, o que revelava o alto conceito que seus pares lhe depositavam.
No dia 21 de outubro de 1940, foram realizadas eleições para presidente e vice-presidente, recaindo as escolhas, respectivamente, para Manoel Carlos de Figueiredo Ferraz e Teodomiro de Toledo Piza. No dia 9 de dezembro de 1941, o Tribunal reuniu-se para a escolha do presidente e do vice-presidente, sendo novamente reeleitos Manoel Carlos e Teodomiro Piza.
O ano de 1942 marcaria a comemoração do cinqüentenário da instalação do Tribunal de Justiça, na República, ocorrida em 18 de setembro de 1892. Teve a alegria de ver, em 25 de janeiro de 1942, a inauguração oficial das obras com que se ultimou a construção do Palácio da Justiça.
No dia 9 de dezembro de 1943, tendo sido o Tribunal convocado para a eleição do biênio de 1944/1945, foi Teodomiro Piza escolhido presidente. Sua eleição foi largamente noticiada pela Imprensa de São Paulo, que traçou sua biografia, destacando seus méritos e estampando seu retrato. Entretanto, foi por demais curta a sua Presidência. Assim, em 5 de maio de 1944, o Tribunal de Justiça tomava conhecimento de sua aposentadoria, ocorrida na véspera.
No dia 2 de outubro de 1944, Teodomiro de Toledo Piza faleceu, aos 66 anos de idade, na cidade de São Paulo.
E assim atravessou ele a vida: modesto, bom, puro, simples, nobre e cidadão modelar pelas suas virtudes cívicas; paulista do melhor cerne, extremoso chefe de família, ótimo amigo e grande magistrado.

28 comentários:

  1. Excelente publicação para que os nossos alunos conheçam a origem do nome da nossa escola, bem como a história de vida do nosso Patrono.

    ResponderExcluir
  2. Hum...pra mim, muito legal...pois ele foi meu bisavô paterno. Como meus avós e pai paterno(neto de Teodomiro)já morreram. Muito legal saber um pouco mais do meu ascendente e saber que seu nome é reconhecido e honrado...pretendo seguir a mesma carreira...
    Maria Luiza de Toledo Piza

    ResponderExcluir
  3. sou ex aluna desa escola fui aluna no ano de 1973 e 1974 da segunda e tercira serie do ensini fundamental e gostaria de saber se vcxs tem aigumas fotos dssa epocaHoje estou morando fora do paiz enos eua mas tenho boas lembrancas dessa escola . Agradeco desde ja .ana mcarty.Gostaria de saber tambem se vcs tem fotos de alunos dessa epoca meu nome na epoca era ana suely de lima da segunda serie do ano de 1973

    ResponderExcluir
  4. Um excelente pai, tio e um honestíssimo magistrado. Saibam os alunos, que ele era tão estudioso, que nenhuma decisão judicial (sentença ou acórdão) de sua autoria sofreu reforma pelos tribunais superiores. Um exemplo a ser seguido.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. olha estudei nessa maravilhosa escola, tem certeza que tenho tudo de bom para falar para meus filhos dessa escola, estudei 1976 á 1988 muitas saudades rsrsr meu primeiro beijo no filho do Diretor Belarminio rsrsr CD seu filho Marcelo sauddades dona Arlinda Brava demais rsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje me bateu uma saudade e me lembrei da escola onde aprendi a ler e escrever, estudei nesta escola no mesmo período que você, meu irmão mais velho foi aluno do diretor Belarmínio, eu o tive como diretor e o vice prof. Roberto, você estudou com o professor Toninho de matemática e o prof Aderbal de moral e cívica? tenho foto com o Toninho em minha formatura, eu estudei nesta escola da 1º a 8º série, hoje eu sou professora de Português em São Carlos é isto aí na cidade de nosso patrono, gostaria de falar mais com você, meu nome é Tânia, até mais.

      Excluir
  6. Q legal poder saber sobre esta escola,gostei muito do meu tempo q estive nela ,e das pessoas q nela trabalhavam.Fiz muitos amigos moro fora do Brasil estou nos USA,mais sinto muito falta de tudo que me fazia muito bem saudades ,e quero deixar meu grande abraco a todos q fizeram parte da minha infancia !!!!!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Eu gostei da formatura, porque estava muito legal proque minha irmã se formou eu estava lá.
    Não vejo a hora de ser a minha vesz pois estou muito anciosa.

    ResponderExcluir
  9. Fui aluno dessa Escola entre os anos de 1972 ( primeira série) até o ano de 1978 ( sétima série). Gostaria de saber mais sobre o destino de vários professores, entre os quais a saudosa ´professora Teruko Kojo, Dona Carmem, Dona Rosangela, Dona Filomena, entre outros.
    Se alguém tiver notícias, favor enmtrar em contato com Leoncio Matos pelo e-mail leonvick@ig.com.br
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leoncio, estudei na escola nos 1976 e 1977. Me formei no ensino fundamental lá. Me lembro da professora de Matemática , acho que era Valeria, do prof Belarmino que era o diretor. Nossa , muito tempo ..... Se quizer entrar em contato s.chagas@yahoo.com.br. abs (Sandra Gomes)

      Excluir
  10. Eu ja estudei nesta escola ha 30anos mais ou menos foi muito bom os melhores anos de minha vida

    ResponderExcluir
  11. Que SAUDADE!Estudei no Teodomiro no ano de 2004 até o ano de 2006, sai ao mudar de cidade :(. Sinto muita falta da galera com quem estudei nos anos que estive lá, hoje foi meu ultimo dia de ensino fundamental pena que não comemorei isso ao lado das mesmas pessoas com quem iniciei o mesmo ciclo.
    por: Jessica Rodrigues.

    ResponderExcluir
  12. tambem sou aluna do teodomiro vai fazer 4 anos

    ResponderExcluir
  13. Eu ,gosto muito de ler essas histórias antigas ,q falam sobre o passado de pessoas importantes como o Teodomiro , muito interessante .
    Ele foi uma pessoa batalhadora bem merecido o cargo dele e muito inteligente .

    solange amaral

    ResponderExcluir
  14. gostei muito da escola e espero conhecer melho.

    ResponderExcluir
  15. eu gostei de todos os desemhos e quero um dia que o meu va pra capa de *caderno*.

    ResponderExcluir
  16. EU GOSTEI DO WESLEI,E DA ANNARA
    ASS:MONIQUE OLIVEIRA BARROS SILVA 5C

    ResponderExcluir
  17. Eu adorei todos os desenhos são muitoo lindos..

    ResponderExcluir
  18. eu gostei de todos os dezenhos e todos sao lindos

    ResponderExcluir
  19. Elliiziinhaa Viieiira13 de março de 2013 23:00

    é ótimo escutar historias antigas sobre a nossa escola

    ResponderExcluir
  20. Graça Campos 31/05/2013 20:10
    Estudei nesta maravilhosa escola em 1989, que contribuiu para o meu crescimento. Gostaria de saber noticias. Lembro do Professor Tonhinho (Prof. Matemática), gostaria de saber noticias dele. Um beijo à todos e um abraço.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia

    gostaria de noticias de ex alunos e da professoura IVONETE da 1º serie DA SALA 4 acho que nos anos de 85, 86 nao me lembro exatamente mais isso, nela tinha um amigo chamado ALEXANDRE , PATRICIA

    SE SOUBEREM SEGUE CONTATO: rr7723@gmail.com

    ResponderExcluir
  22. Estudei nessa escola deis da primeira série , nela eu aprendi muitas coisas e hoje tive a oportunidade de volta por motivos pessoais,, algumas coisas mudo bastante outras continuam a mesma como por exemplo a falta de educação de alguns alunos mais enfim como diz minha mãe a escola quem faz é o aluno e no que depender de mim essa escola vai esta na historia das melhores estintuições de encino que o ja existiu no mundo....

    ResponderExcluir
  23. Estudei em 1969,70,71,72,73,74, fora a bomba que levei, ou eu me dei , Essa escola ficou no coração, continuei frequentando pois meu irmão casula estudou la do pre ate a oitava, Velho João de português, Soninha de Inglês, Aderbal, Toninho,Valeria, Aquemi,Teruko,Carmem , Filõ Filomena, Zélia diretora, Belarmino diretor,dona Arlinda ,Tia Iracema, a Baixinha,estou ficando esquecido, mas tem muita gente ainda para lembrar.

    ResponderExcluir
  24. Minha escola de Ensino Fundamental,estudei nela de 1991 a 1999! Lembro com carinho de meus melhores professores: Professora Neuza em 1992, professora Elizabeth em 1993/1994, depois os professores de cada matéria, como o Toninho de matemática... Enfim, fizeram parte da minha infância! Só tenho a agradecer!

    ResponderExcluir
  25. Saudade dessa escola, fui também da Old School, entrei no prezinho da carrasca Profa. Cláudia até a 5º série ou seja de 1984 a 1989, depois me mudei de SP, se tiver alguém dessa turma gostaria de conversar, tive excelentes professores: Prof. Ranulfo (Portugues), Dalto (Historia), E me lembro da Da. Valeria, e o ditetor Belarmino.
    contatos: propulsora@gmail.com

    ResponderExcluir

Deixe neste espaço um comentário respeitoso e construtivo... ele será importante para seu crescimento e de nosso trabalho. Obrigado.